Arquivo mensal: abril 2017

Inscrições Encerradas!

 

Anúncios

Duidismo e Natureza.jpg

DRUIDISMO E NATUREZA – Explorando o Conceito de Xamanismo Celta

16/06

Por: Lucas Castroviejo – Sorocaba/SP (Clann Fidnemed an Síd – Caer Siddi)

Palestra:

A palestra discorrerá acerca dos antecedentes primevos da prática xamânica, bem como sua veracidade conceitual no que tange a espiritualidade céltica da antiguidade à contemporaneidade. Trata-se de um conjunto de pesquisas acadêmicas, orientadas pela Prof. Dr.ª Rita de Cássia Lana (Departamento de Geografia, Turismo e Humanidades, da UFSCar), contemplando em si materiais de base e pilares da dimensão territorial e antropológica dos Celtas ao longo do tempo e espaço. Longe do ineditismo, expressar-se-á, portanto, conceitos elementares da Celtologia perante o Druidismo em suas raízes históricas, resultado direto da experiência universitária do autor enquanto geógrafo-historiador.

Sobre o Facilitador:

Criado desde muito cedo em desígnios místicos e umbandistas, acabou por contatar ainda jovem o universo das religiões pagãs. Em sua vasta formação religiosa, com mais de dez anos de caminhada, adquiriu experiência e capacitação em diferentes tradições mágicas, práticas xamânicas e áreas de cunho esotérico. Sendo membro e feiticeiro do Clã Fidnemed an Síd – Caer Siddi, exerce o Druidismo / Xamanismo Celta como doutrina pessoal. Cartomante e runemal, atua profissionalmente como consultor holístico. É ator e geógrafo-historiador, membro do Grupo de Estudos e Pesquisas em História da Arte, Estética e Patrimônio Cultural – cadastrado no CNPq –, da Universidade Federal de São Carlos, onde se dedica à Celtologia. Leciona como professor de Teatro, Geografia e História no município de São Paulo.


 

Pomadas Naturais.jpg

PREPARAÇÃO DE POMADAS NATURAIS

15/06

Por: Juliana Meira / Vate Bankerda – Curitiba/PR (Clareira Coré-Tyba / Assembleia Druídica Brasiliana)

Workshop:

Nesta atividade será demonstrada a antiga arte da fabricação de pomadas naturais, ensinando como preparar unguentos através da manipulação de óleos, ervas e cera, transformando-os em ferramentas de cura.

Sobre a facilitadora:

Bankerda iniciou sua jornada pela senda druídica em Florianópolis na Clareira Caer Ynis, tendo organizado a primeira edição do EBDRC em 2010. Em 2012 foi membro-fundadora da Clareira Coré-Tyba, onde desenvolveu-se até ser consagrada Vate por seu trabalho focado no Amor e no Belo.